Bacharelado

5 anos

Integral

Anápolis

Apresentação do Curso

Para formar profissionais cumpridores desse papel, com responsabilidade e solidez, o curso de Odontologia da UniEVANGÉLICA desenvolve há mais de 45 anos profissionais aptos e com habilidades de atenção à saúde, por meio de ações de prevenção, proteção e recuperação, tanto em caráter individual quanto coletivo. São ofertadas disciplinas que instrumentalizam o futuro profissional a prática clínica na diversas áreas da Odontologia, como por exemplo, Dentística, Endodontia, Cirurgia, Radiologia e Imaginologia, Periodontia, Estomatologia, Odontopediatria, Odontogeriatria, Odontohebiatria  e Saúde Coletiva. Todas as atividades clínicas do curso contam com uma das maiores Clínicas Odontológicas de Ensino da região, colaborando assim para a formação de um profissional tecnicamente capacitado, cientificamente qualificado e dotado de predicados humanísticos, atuando para a melhora na qualidade de vida das pessoas.

Sobre o Curso

O Curso de Odontologia da UniEVANGÉLICA propõe formar cirurgião-dentista, generalista, capaz de: agir de forma interativa em uma abordagem integral mediante as realidades sociais, culturais e econômicas de seu meio e transformá-lo em benefício da sociedade; estabelecer relações interpessoais de forma humanizada, garantindo a inclusão social e os princípios éticos, legais, cristãos e de cidadania; desenvolver potencial para tomada de decisões frente ao mundo do trabalho, enfrentamento das questões sociais, com proposição para soluções mediante educação permanente; assumir tanto para atuar quanto como para liderar uma equipe multiprofissional; atuar no sistema de saúde vigente e rede particular, tanto em procedimentos referentes à atenção básica com ênfase na promoção de saúde, quanto para referenciar e contra referenciar em situações clínicas para atenção secundária e terciária; levar em consideração as diferentes perspectivas de abordagem no que se refere à atuação a partir dos ciclos de vida, buscando incorporar novos conhecimentos para atuar com rigor técnico e científico.

Mercado de Trabalho

A formação do futuro egresso é voltada tanto para o âmbito público quanto para o âmbito privado e aponta como possibilidade uma multiplicidade de cenários de atuação, diante das demandas da sociedade, como: clínica privada; serviços públicos de atenção à saúde bucal (cirurgião-dentista clínico); gerenciamento da atenção à saúde bucal (cirurgião-dentista distrital e coordenador de saúde bucal); serviços públicos de fiscalização em saúde; auditoria do Sistema Único de Saúde e dos convênios/credenciamentos; perícias odontológicas na esfera civil, criminal, e administrativa; consultoria e administração em saúde; docência universitária. 

Matriz Curricular

Disciplina CH
LÍNGUA PORTUGUESA 80
FUNDAMENTO BIOLÓGICO I 200
MORFOLOGIA E ESCULTURA DENTAL 60
ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL I 40
PRÉ-CLÍNICA I 80
PROJETO INTERDISCIPLINAR DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE I 60
Disciplina CH
METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO 40
DENTÍSTICA I 80
FUNDAMENTO BIOLÓGICO II 140
ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL II 40
PRÉ-CLÍNICA II 80
PERIODONTIA I 80
PROJETO INTERDISCIPLINAR DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE II 60
RADIOLOGIA 80
SEMIOLOGIA 60
Disciplina CH
CIDADANIA, ÉTICA E ESPIRITUALIDADE 40
BASE CIENTÍFICA 40
DENTÍSTICA II 80
ESTOMATOPATOLOGIA 80
FUNDAMENTO BIOLÓGICO III 100
OCLUSÃO 60
ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL III 40
PERIODONTIA II 80
PRÉ-CLÍNICA III 80
PROJETO INTERDISCIPLINAR DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE III 60
Disciplina CH
CLÍNICA INTEGRADA I 120
DENTÍSTICA III 40
ENDODONTIA I 80
ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL IV 40
PERIODONTIA III 40
PESQUISA CIENTÍFICA I 40
PROJETO INTERDISCIPLINAR DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE IV 60
PRÓTESE DENTÁRIA I 80
Disciplina CH
CIRURGIA I 80
CLÍNICA INTEGRADA II 200
ENDODONTIA II 80
ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL V 40
PESQUISA CIENTÍFICA II 20
PROJETO INTERDISCIPLINAR DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE V 60
PRÓTESE DENTÁRIA II 80
Disciplina CH
CIRURGIA II 60
CLÍNICA INTEGRADA III 200
PRODUÇÃO CIENTÍFICA I 20
PROJETO INTERDISCIPLINAR DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE VI 40
PRÓTESE DENTÁRIA III 80
ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL VI 40
Disciplina CH
CLÍNICA INTEGRADA IV 200
ODONTOLOGIA DO TRABALHO 20
ODONTOLOGIA PEDIÁTRICA I 80
ORTODONTIA PREVENTIVA I 60
PRODUÇÃO CIENTÍFICA II 20
Disciplina CH
CLÍNICA INTEGRADA V 200
ODONTOHEBIATRIA 20
ODONTOLOGIA PEDIÁTRICA II 80
ORTODONTIA PREVENTIVA II 60
PRODUÇÃO CIENTÍFICA III 20
Disciplina CH
CLÍNICA DE DIAGNÓSTICO 80
ODONTOGERIATRIA 40
ODONTOLOGIA HOSPITALAR 40
OPTATIVA 80
PRÉ-INTERNATO ODONTOLÓGICO 160
Disciplina CH
INTERNATO ODONTOLÓGICO 440

Atividades Acadêmicas

TCC

O Trabalho de Curso (TC) tem por objetivo o exercício de atividades acadêmicas sistematizadas que visam à formação de um profissional crítico, familiarizado com métodos e técnicas de investigação científica e na elaboração de trabalhos científicos pertinentes a área de atuação do cirurgião-dentista. Dessa forma, o TC visa articular e inter-relacionar os conteúdos das disciplinas estudadas com objetivo de ratificar, retificar e/ou ampliar o campo de conhecimento.

O TC é articulado com as disciplinas de Produção Científica I, II e III, com carga horária total de 60 horas, com intuito de organizar e gerir o andamento dos trabalhos durante o curso.

Estágios

Os Estágios Curriculares Supervisionados são desenvolvidos nas disciplinas Pré-Clínica, Clínica Integrada, Clínica de Diagnóstico, Odontohebiatria, Odontogeriatria, Odontologia do Trabalho, Odontologia Hospitalar, Odontologia Pediátrica I e II, Ortodontia Preventiva I e II, Pré-Internato Odontológico, Internato Odontológico e Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde.

Nas disciplinas de Estágio Clínico o estágio curricular supervisionado é realizado na Clínica Odontológica de Ensino do Curso de Odontologia da UniEVANGÉLICA e em unidades conveniadas, em estágios extramuros.

Nas disciplinas Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde I a VI, o estágio curricular supervisionado tem vivências nos diversos cenários do Sistema Único de Saúde (SUS) e também em outros espaços como serviços: filantrópicos, sociais, educacionais, religiosos, culturais e privados. Além de Organizações Não Governamentais (ONGs), Sindicatos, Conselho Regional de Odontologia, e outros.

Regulamento dos Estágios Curriculares Supervisionados

Atividades Complementares

As Atividades Complementares deverão ser realizadas pelo acadêmico a partir de seu ingresso no curso, devendo cumprir 100 (cem) horas para a integralização do Curso de Odontologia.

A integralização das Atividades Complementares é condição necessária para a colação de grau e deverá ocorrer durante o período em que o aluno estiver regularmente matriculado, excetuando-se eventuais períodos de trancamento.

São consideradas Atividades Complementares: atividades técnico-científicas relacionadas à área de conhecimento do curso, como palestras; seminários; visitas técnicas; congressos; cursos extracurriculares; estágios voluntários; monitoria; jornadas acadêmicas; workshops; disciplinas optativas; entre outras do gênero; atividades relacionadas a programas e projetos institucionais, como iniciação científica; extensão; grupos de estudo; produção intelectual e técnico-científica; publicações em anais; revistas e jornais; entre outras do gênero; atividades esportivas, artísticas, culturais, sociais e humanísticas tais como torneios; campeonatos; coral; grupos de teatro dança, música; representação acadêmica junto aos Órgãos Colegiados da UniEVANGÉLICA, entidades de Classe ou Profissionais; atividade de voluntariado; campanhas beneficentes e beneméritas; Grupos de Oração; entre outras do gênero.

Outras Atividades Complementares poderão ser analisadas e validadas pela Coordenação Pedagógica/Núcleo Docente Estruturante, de Atividades Complementares do Curso de Odontologia.

Regulamento das atividades complementares

Pesquisa

O Centro Universitário de Anápolis, por meio da Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação, iniciou em 2001 o programa de Bolsa de Iniciação Científica (PBIC) e o Programa de Iniciação Científica Voluntária – PVIC, motivado pela convicção da importância de se investir em pesquisa.

O Programa de Bolsa Iniciação Científica (PBIC) é uma modalidade de ensino-aprendizagem que visa a oportunizar aos alunos de graduação da UniEVANGÉLICA a experiência de questionamento, sistematização e organização do saber, elevando-os da condição de receptores para a de produtores de conhecimento.

O Programa visa a atender alunos regularmente matriculados nos cursos de graduação da UniEVANGÉLICA, que desejem realizar atividades vinculadas a Projeto de Pesquisa de um Professor-Orientador da Instituição e desenvolvidos com recursos internos ou obtidos a partir de parceria com organizações de fomento à pesquisa.

O Programa de Iniciação Científica Voluntária – PVIC, é uma modalidade de programa de iniciação voluntária à pesquisa de alunos de graduação da UniEVANGÉLICA, que também oportuniza o desenvolvimento de um projeto de pesquisa próprio, sob a orientação de um professor-orientador.

Visando estimular a participação dos seus acadêmicos e docentes nos programas de iniciação científica institucionais e na produção científica, o Curso de Odontologia conta com a Comissão de Pesquisa do Curso de Odontologia (CPqO). A CPqO é um órgão colegiado que tem por finalidade assessorar e apoiar investigações científicas, fortalecendo linhas de pesquisas e parcerias institucionais e interinstitucionais. Compete a CPqO assistir a direção do curso e demais órgãos superiores no estabelecimento de políticas de pesquisa, zelar pela qualidade e ética nas pesquisas científicas, organizar e administrar as ações de pesquisa no âmbito do Curso de Odontologia.

Os projetos realizados por alunos e professores do Curso de Odontologia deverão ser submetidos ao CPqO previamente o envio ao Comitê de Ética em Pesquisa da UniEVANGÉLICA.

Para envio dos projetos os seguintes passos devem ser seguidos:

I – O projeto deve ser encaminhado ao endereço eletrônico da CPqO (pesquisaodonto.unievangelica@gmail.com) juntamente a ficha de solicitação de avaliação de projeto;

II – A ficha de solicitação de avaliação deve estar devidamente preenchida e assinada pelo pesquisador (docente) responsável pela pesquisa (ANEXO);

III – O projeto deve ser enviado em arquivo doc. ou docx. seguindo o modelo disponibilizado pela CPqO (ANEXO) disponível no site da UniEVANGÉLICA (Posteriormente todos os documentos da comissão estarão disponíveis no site da UniEVANGÉLICA);

IV – Os membros assessores terão o prazo de 15-30 dias para avaliação do projeto e emissão de parecer, apontando a conformidade ou não do projeto;

V – A avaliação do projeto obedecerá os critérios discriminados na folha de solicitação de avaliação;

VI – Os projetos em desacordo com os critérios de avaliação terão o prazo de 45 dias para reapresentação para a comissão, caso contrário será considerada uma nova avaliação;

VII – A emissão do parecer da comissão de pesquisa será feita após reunião colegiada sendo apontado na ficha de solicitação de avaliação se o projeto está em conformidade ou se apresenta pendências. Toda essa comunicação realizada por email.

Regimento Comissão de Pesquisa

Fluxograma

Modelo de projeto – Comissão de pesquisa

Extensão

As atividades de extensão do curso de Odontologia são supervisionadas por um coordenador de Extensão, que responde por todas as atividades de extensão desenvolvidas pelo curso, e tem como objetivo geral buscar meios para alcançar a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.

As ações são pautadas na qualidade da atenção a comunidade, e forte vínculo com o ensino e a pesquisa, a partir da ampliação do atendimento clínico e diversas ações preventivas. As ações articulam os níveis de atenção à saúde e promovem o aperfeiçoamento acadêmico e docente, no que se refere a extensão. No Curso há ações extensionistas externas, internas e estágios extramuros. Há participações nos projetos institucionais, como:

  • Projeto UniEVANGÉLICA Cidadã Itinerante – Amazônia, Educação & Saúde que garante a promoção socioambiental como direito fundamental à saúde;
  • Projeto UniCidadã/Ciranda em parceria com a TV Anhanguera/Anápolis e Goianésia que promove cidadania e educação por meio de ações de extensão na área da saúde;
  • Projeto nos bairros do município de Anápolis e o Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde são desenvolvidos com a aproximação do acadêmico de odontologia da realidade da saúde geral da população residente na periferia da cidade;
  • Estágios extra-muros em hospitais e serviços especializados públicos;
  • Oferta de cursos livres nas diversas áreas acadêmicas (Biossegurança; Farmacologia, entre outros);
    Projetos de monitorias;
  • Semana para Jesus com parceria da Igreja Metodista para ações clínicas, de prevenção e promoção de saúde, bem como em outras igrejas da região;
  • Diversos SIMPAT em empresas locais;
  • Ações sociais vinculadas a entidades de cunho social como APAE;
  • Iniciativas de Igrejas da região;
  • I Mostra Cultural de Odontologia no curso.
  • Liga Acadêmicas:
  • Liga Acadêmica de Diagnóstico e Cirurgia Oral (LADCO);
  • Liga Acadêmica de Endodontia (LAE);
  • Liga Acadêmica de Prevenção e Promoção de Saúde (LAPPS);
  • Liga Acadêmica de Dentística e Estética (LADE);
  • Liga Acadêmica de Prótese Dentária (LAPD);
  • Liga Acadêmica de Pacientes Especiais no Ciclo de Vida (LAPEC);
  • Liga Acadêmica de Periodontia (LAPE);
  • Liga Acadêmica de Odontopediatria.

Atendimento via chat
Atendimento via chat