Bacharelado

5 anos

Noturno

Anápolis

Apresentação do Curso

No curso de Engenharia Mecânica da UniEVANGÉLICA, acadêmicos se tornam verdadeiros agentes transformadores da sociedade, por meio do estudo, planejamento, projeto e especificação de máquinas e processos mecânicos. Com conteúdo didático e adaptado à prática profissional, o curso dispõe de todas as condições pedagógicas e infraestrutura para que o estudante tenha acesso a uma formação intelectual e humana. Com disciplinas nas áreas de Materiais, Ciências Térmicas, Processos de Fabricação e Mecânica dos Sólidos no currículo, o estudante aprende a aplicar a teoria na prática.

Sobre o Curso

O curso de Engenharia Mecânica visa à formação de pessoal capacitado para a resolução de problemas na área de tecnologia mecânica, com potencial para a assimilação e o desenvolvimento de conhecimentos, com espírito crítico e ética profissional, atendendo às necessidades das indústrias local, regional, nacional e mundial, visando ao desenvolvimento e à independência tecnológica.

O Engenheiro Mecânico egresso da UniEVANGÉLICA será capaz a desempenhar, com competência, as atividades referentes aos procedimentos científico-tecnológicos das áreas de fabricação mecânica, resistência dos materiais, térmica, projetos, metrologia, materiais de construção mecânica, vibrações e acústica e mecânica dos fluidos, bem como na utilização das instalações e equipamentos destinados a essas áreas especializadas, seus serviços afins e correlatos, considerando aspectos sociais, ambientais e econômicos, sem perder o foco ético e humanístico, no atendimento às demandas da sociedade, através de uma sólida formação científica e profissional.

Mercado de Trabalho

O curso busca atender às demandas do Estado de Goiás e da região Centro-Oeste, que tem apresentado expressivo crescimento industrial nos últimos anos, graças aos incentivos oferecidos pelo governo para a instalação de novas empresas. Entre os setores industriais mais expressivos se destacam as agroindústrias, as minerações, o setor farmo-químico, o setor alimentício, setor de serviços, as indústrias de base e ainda o setor de montagem automotiva.

O Estado de Goiás vem apresentando um crescimento econômico significativo no cenário nacional. Segundo IBGE, em 2009 Goiás já se apresentava como a 9ª economia do país, contribuindo com 2,5% do PIB. O valor bruto da produção industrial de Goiás corresponde, atualmente, a mais de 50% da região Centro-Oeste, 48% do total de custos de operação industrial, 53% do valor de transformação industrial e emprega mais de 52% das pessoas do segmento industrial.

Matriz Curricular

Disciplina CH
CIDADANIA, ÉTICA E ESPIRITUALIDADE 40
LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO - ON-LINE 60
ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO 80
CIÊNCIAS FÍSICAS E QUÍMICAS 80
PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA 80
Disciplina CH
METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO - ON-LINE 60
DESENHO TÉCNICO 80
ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO 80
FORÇA, MOVIMENTO E ENERGIA 80
LIMITE E DERIVADA DE UMA VARIÁVEL 80
Disciplina CH
DESENVOLVIMENTO SOCIAL E SUSTENTABILIDADE - ON-LINE 60
GEOMETRIA ANALÍTICA E ÁLGEBRA LINEAR 80
INTEGRAL DE UMA VARIÁVEL E DERIVADAS PARCIAIS 80
MECÂNICA ESTÁTICA 80
ONDULATÓRIA, ÓTICA E TERMODINÂMICA 80
Disciplina CH
EMPREENDEDORISMO - ON-LINE 60
ELETRICIDADE E MAGNETISMO 80
FENÔMENOS DE TRANSPORTE 80
INTEGRAL MÚLTIPLA E EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 80
MECÂNICA DOS SÓLIDOS 80
Disciplina CH
EQUAÇÕES DIFERENCIAIS PARCIAIS COM CÁLCULO NUMÉRICO COMPUTACIONAL 80
DESENHO TÉCNICO MECÂNICO 80
CIÊNCIAS DOS MATERIAIS 80
MECÂNICA DOS SÓLIDOS E ESTRUTURAS METÁLICAS 80
MECÂNICA - DINÂMICA 80
Disciplina CH
OPTATIVA I - ON-LINE 60
TERMODINÂMICA 80
FUNDIÇÃO, CONFORMAÇÃO MECÂNICA E TRATAMENTOS TÉRMICOS E TERMOQUÍMICOS 80
METROLOGIA E CONTROLE DE QUALIDADE 80
HIDRÁULICA E PNEUMÁTICA 80
Disciplina CH
SOLDAGEM 80
TRANSFERÊNCIA DE CALOR E MASSA 80
ELEMENTOS DE MÁQUINAS 80
ELETROTÉCNICA, INSTRUMENTAÇÃO E ROBÓTICA 80
Disciplina CH
MÁQUINAS DE ELEVAÇÃO, TRANSPORTE E DE FLUXO 80
VIBRAÇÕES DE SISTEMAS MECÂNICOS 80
PROCESSOS DE USINAGEM 80
MÁQUINAS TÉRMICAS 80
OPTATIVA II 60
Disciplina CH
ÉTICA PROFISSIONAL E PROJETOS DE ENGENHARIA 80
CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO 80
FABRICAÇÃO ASSISTIDA POR COMPUTADOR 80
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I 80
ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 80
Disciplina CH
GESTÃO DE MANUTENÇÃO 80
REFRIGERAÇÃO E AR CONDICIONADO 80
ESTÁGIO SUPERVISIONADO II 80
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II 80
VEÍCULOS AUTOMOTORES 80

Atividades Acadêmicas

TCC

O trabalho de conclusão de curso é um componente curricular obrigatório para a obtenção do grau de bacharel em Engenharia Mecânica pela Unievangélica. O TCC visa promover a capacidade de identificação temáticas, a formulação de problemas, a elaboração de projetos, a identificação de métodos e de técnicas, o controle de planejamento etc. Esta atividade é desenvolvida por meio de orientação e acompanhamento docente.

Estágios

Pensando na articulação entre embasamento teórico e prática, é proposto na matriz curricular do curso de Engenharia Mecânica o estágio supervisionado. Esse é constituído de toda atividade, dentro e fora da universidade, que tenha como finalidade a sedimentação dos conhecimentos adquiridos durante a vida acadêmica.

Atividades Complementares

As atividades complementares no curso de Bacharelado em Engenharia Mecânica da UniEVANGÉLICA possibilitam o reconhecimento, por validação, de habilidades e competências do aluno, inclusive adquiridas fora do ambiente escolar. Hipóteses em que o aluno poderá ampliar, enriquecer e incrementar o seu currículo com experimentos e vivências acadêmicas, internos ou externos ao curso.

As atividades complementares, assim, se destinam a estimular a prática de estudos independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, de permanente e contextualizada atualização profissional específica, sobretudo nas relações com o mundo do trabalho, estabelecidas ao longo do curso, notadamente integrando-as às diversas peculiaridades regionais e culturais.

Pesquisa

A pesquisa é pensada como parte integrante das políticas institucionais do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA. Dessa forma, o curso de Engenharia Mecânica participa dos programas de incentivo à pesquisa – como o PIBID -, assim como encorajando e apoiando os acadêmicos na produção de seus trabalhos de conclusão de curso.

Extensão

A prática extensionista é concebida como mecanismo de articulação do ensino, pesquisa e extensão. Do ponto de vista das práticas pedagógicas esta relação favorece uma abordagem contextualizada, integradora das diferentes áreas do conhecimento, sendo, portanto, interdisciplinar.

As atividades de extensão, além de flexibilizarem o ensino, facilitam as relações entre a teoria e a prática, proporcionando o desenvolvimento de habilidades e competências. Nessa perspectiva, os eventos de extensão universitária podem acontecer por iniciativa da Instituição ou própria do Curso de Engenharia Mecânica, bem como de outras Instituições do município e outras localidades que solicitem parceria com o curso.