13, May de 2021

Pacientes que tiveram COVID-19 agora terão um local específico para se recuperarem de sequelas causadas pela doença. Será inaugurado nesta quinta-feira (13) o Laboratório de Reabilitação Pulmonar do Centro Universitário de Anápolis - UniEVANGÉLICA, às 11 horas. Os serviços oferecidos, voltado à comunidade anapolina, serão totalmente gratuitos.

A proposta foi viabilizado no ano passado, após aprovação em edital da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG). Esta iniciativa é do Governo do Estado de Goiás, por meio da Subsecretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, esta vinculada à Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi). O objetivo foi identificar projetos de pesquisa e inovação em todas as áreas do conhecimento que estavam sendo realizados no Estado e que pudessem contribuir para a redução dos impactos da pandemia de COVID-19.

Estrutura

O Laboratório de Reabilitação Pulmonar da UniEVANGÉLICA contará com uma equipe multidisciplinar composta por fisioterapeutas, médicos, profissionais de Educação Física, nutricionistas, enfermeiros e psicólogos, todos professores e pesquisadores da UniEVANGÉLICA . O projeto integra o Programa de Pós Graduação Stricto Sensu Mestrado e Doutorado em Movimento Humano e Reabilitação do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA.  

Investimentos

Para fomentar a iniciativa, a Fapeg participou com recursos de R$ 141. 578,05, destinados à compra de bicicletas e esteiras ergométricas para reabilitação, um espirômetro para a realização de provas de função pulmonar, dois manovacuômetros para testes de força muscular respiratória e um equipamento para teste de força muscular dos membros superiores. Também foram adquiridos materiais de consumo descartáveis para a realização dos exames nos pacientes.

A UniEVANGÉLICA assumiu como contrapartida deste projeto o investimento na disponibilização e organização da estrutura a ser destinada às atividades do Programa de Reabilitação Pulmonar. Trata-se de um espaço exclusivo para atendimento ao Programa, composto por sala de espera, consultório completo para avaliação clínica, espaço para realização das atividades de treinamento e instalações sanitárias, oxigenioterapia de suporte e equipamentos de proteção individual (EPI’s) para pacientes e profissionais.

Também foram disponibilizados vários computadores desktop e laptops para acompanhamento de atividades ao ar livre, impressoras e materiais de suporte como papeis e cartuchos para impressão das fichas de avaliação e acompanhamento das atividades. Ainda como contrapartida da Instituição está o envolvimento de vários profissionais de saúde, tais como médicos, fisioterapeutas, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas e profissionais de Educação Física, que dedicarão uma carga horaria semanal junto ao Programa.

Coordenador

O coordenador do projeto, Prof Dr Luis Vicente Franco de Oliveira ressalta que “a Fisioterapia, com certeza, será extremamente benéfica e exercerá um papel fundamental no tratamento respiratório e na reabilitação física de pacientes com Covid-19, seja na intervenção com exercícios, mobilização e reabilitação respiratória tanto na fase aguda quanto na fase pós alta hospitalar para promover a rápida recuperação funcional e melhor qualidade de vida”.

Parcerias

Esta proposta busca fortalecer a parceria da UniEVANGÉLICA e os governos Municipais e Estaduais e iniciativa privada para a recuperação das condições físicas e psicológicas, minimizando o sofrimento e melhorando a qualidade de vida dos pacientes acometidos pelo COVID19.

Aplicação do programa

Umas das características principais do Programa de Reabilitação Pulmonar é o fato de ser individualmente moldado de acordo com a característica clínica e funcional de cada paciente, após uma avaliação detalhada, conforme explica o professor Prof Dr. Luis Vicente Franco de Oliveira.

“Tendo em vista que o treinamento físico é fundamental, a reabilitação pulmonar promove intervenções abrangentes, incluindo, entre outras, suporte psicológico e nutricional, além de mudanças educacionais e comportamentais”, ressalta o pesquisador. O objetivo da reabilitação pulmonar será não apenas melhorar as condições físicas e mentais do paciente, mas também ajudá-lo a retornar à família e à sociedade mais rapidamente.

Programa

O projeto apresenta uma etapa de reabilitação pulmonar ambulatorial e ao final de 12 semanas de participação no Programa os pacientes darão continuidade em seus domicílios à etapa de reabilitação pulmonar domiciliar, sendo acompanhados regularmente pela equipe de profissionais envolvidos no estudo.

Durante os dias das primeiras avaliações, todos os pacientes participam de um programa educacional no anfiteatro da própria instituição, onde recebem informações sobre o desenvolvimento e progressão da doença, sobre o seu tratamento, tanto medicamentoso como não-medicamentoso, uso correto do oxigênio e importância de participar de um programa de reabilitação baseado em exercícios. Todos os pacientes receberão uma cartilha com o conteúdo do programa educacional.

Serviço - Inauguração do Laboratório de Reabilitação Pulmonar da UniEVANGÉLICA

Data: 13 de maio - quinta-feira
Horário: 11 horas
Local: Laboratório de Reabilitação Pulmonar da UniEVANGÉLICA

Informações: 62 3310-6659