24, March de 2022

A Associação Educativa Evangélica e o Colégio Couto Magalhães receberam uma Moção de Aplauso em sessão realizada na manhã desta quarta-feira, 23, na Câmara Municipal de Anápolis.

A homenagem foi uma iniciativa do vereador Liseux Borges, que ressaltou a importância da instituição. “A Associação é motivo de orgulho para nós. A UniEVANGÉLICA, uma das mantidas da AEE, é uma instituição privilegiada pela estrutura e corpo docente. Hoje é referência em Anápolis e no Brasil”, disse.

Participaram da homenagem o Presidente da AEE, Dr. Augusto Ventura, o Vice-Presidente da AEE, Dr. Ernei de Oliveira Pina, o 1º Tesoureiro, Dr. Djalma Maciel, o 1º Secretário, Cel Ivan Gonçalves e o Reitor da UniEVANGÉLICA, Dr. Carlos Hassel Mendes. Além deles, gestores de vários departamentos também estiveram presentes no legislativo anapolino.

“Somos muito gratos pela consideração que essa casa tem em relação à AEE. É um momento festivo para nós. 75 anos da AEE e 90 anos do Colégio Couto Magalhães. Nós acreditamos que é preciso ter essa tríade: universidade, iniciativa privada e poder público. A AEE e suas mantidas existem para contribuir com a sociedade”, disse o Presidente da AEE, Dr. Augusto Ventura.

História

A Associação Educativa Evangélica comemora no dia 31 de março 75 anos. O Colégio Couto Magalhães fez em fevereiro 90 anos.

A Associação Educativa Evangélica foi fundada no dia 31 março de 1947, para criar e manter escolas rurais e urbanas. Entre elas, o Colégio Couto Magalhães.

Hoje, é a mantenedora de uma universidade, seis faculdades e três colégios. É reconhecida nacionalmente pela qualidade e tradição e tem como objetivo preparar estudantes para desenvolver liderança, pensamento crítico e se destacar em um mercado de trabalho inovador e competitivo.

É referência no cenário educacional regional, tanto pela qualidade do ensino, quanto pela posição geográfica estratégica, atraindo alunos não só da região centro-oeste, mas de todas as regiões do país.

O Colégio Couto Magalhães foi fundado em 01 de fevereiro de 1932. O colégio se preocupa em contribuir com o desenvolvimento intelectual e com a formação cristã de seus alunos, reforçando valores cristãos como: o respeito ao próximo, o respeito às diferenças e à liberdade, a consciência ambiental e a responsabilidade social.

Atende do maternal ao ensino médio, com uma proposta pedagógica firmada em princípios e valores que contribuem para o desenvolvimento das potencialidades do aluno, preparando-o para o exercício da cidadania e da compreensão dos direitos e deveres individuais e coletivos.