20, September de 2022

Donos e tutores de cães e gatos poderão levar seus pets para vacinar contra raiva no próximo sábado (24 de setembro). A iniciativa é uma parceria entre a Universidade Evangélica de Goiás - UniEVANGÉLICA e a Prefeitura Municipal de Anápolis. Na última edição, realizada no ano passado, mais de 200 animais receberam a vacina e a expectativa é que neste ano o número seja ainda maior.

"Começaremos a vacinação às 08h e seguiremos até 17h, em uma estrutura montada no estacionamento da UniEVANGÉLICA. Esperamos que o público venha vacinar seus pets, pois a imunização animal contribui para a saúde pública. Protegendo os animais, os seres humanos também se protegem", garante a coordenadora do Curso de Medicina Veterinária da UniEVANGÉLICA, professora doutora Débora Pereira Garcia Melo.

A vacinação poderá ser realizada sem cadastro prévio e é totalmente gratuita. "Graças à parceria com a Prefeitura, serão disponibilizados imunizantes para todos os cães e gatos que forem levados à UniEVANGÉLICA no próximo sábado. A Vigilância em Saúde do município, por meio do diretor Gúbio Dias, tem feito um excelente trabalho, que inclui ainda a conscientização", ressalta a professora Débora.

Para ela, o momento será importante para abordar junto aos donos e tutores de pets a necessidade de acompanhar o calendário de vacinação. "Volto a reforçar o convite para que a população traga os animais. É uma questão coletiva de saúde", conclui Débora Pereira Garcia Melo, coordenadora do curso de Medicina Veterinária.

Campanha

No dia 1º de setembro, começou a campanha de vacinação antirrábica da Prefeitura de Anápolis, feita em pontos fixos da cidade. A meta estimada é de imunizar 59 mil animais durante toda a mobilização. A vacina antirrábica está disponível para cães e gatos acima de três meses e não tem restrição para fêmeas prenhas ou cães idosos.

Segundo o diretor de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Anápolis, Gúbio Dias, a vacinação é fundamental para evitar a doença. “Temos que ficar em alerta, pois a raiva não é brincadeira tanto para os animais quanto para os humanos. Além disso, a busca pela vacina está baixa em todo o País”, afirma. No dia 24 de setembro, haverá ainda dia D com cerca de 80 postos distribuídos em toda a cidade de Anápolis.

Raiva animal

Os animais afetados pela raiva podem transmitir a doença para os humanos, causando até a morte. Ela é uma doença infecciosa viral aguda que não tem cura e acomete mamíferos. Caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda com letalidade.

Com informações da Prefeitura de Anápolis